Translate

domingo, 16 de julho de 2017

SP Lovers Café: mais um cafezito para amar em Pinheiros

Ontem nosso cafezito especial foi no SP Lovers, café e loja de acessórios e presentes que fica na Oscar Freire, mais pros lados da Praça Benedito Calixto, onde a rua já não é mais sinônimo de luxo – o que não significa, de modo algum, dizer que não seja lugar de muito bom gosto.


A lojinha fica bem no meio do café e tem umas peças muito lindas, entre bijuterias, acessórios e decoração. Por falar em decoração, a do café vai desde um pomposo sofá vermelho na sala principal até grama sintética e samambaias artificiais no quintal. Ficamos encantados com tudo!

(foto: Valmir Climaco)








O ambiente e o atendimento envolvem tanto, que o que se come fica até em segundo plano. Ainda assim, o Chocolate Quente Especial se destacou como uma das felizes escolhas da nossa passagem por lá hoje.

(foto: Valmir Climaco)




(foto: Valmir Climaco)

(foto: Valmir Climaco)
Mais um daqueles lugarzinhos bacanas, aconchegantes, com delícias regadas a café e atendimento simpaticíssimo que amamos! Daqueles que fazem nossa “viagem leste-oeste de SP” valer a pena!


Rua Oscar Freire, 1921 | Pinheiros| São Paulo | SP

Posts relacionados:










segunda-feira, 10 de julho de 2017

Coisas de Minas na Mooca, em SP

Uma das razões pelas quais amo São Paulo é pela cosmopolidade que se reflete nos comércios, lugares pitorescos, comportamento, diversidade cultural e, claro, na gastronomia.

Hoje uma amiga nos apresentou um pedacinho de Minas num tradicional bairro italiano da zona leste da capital paulista: a Mooca.



Já estávamos encantados com as fotos que havíamos visto no site do Empório Coisas de Minas mas, quando chegamos lá, ficamos apaixonados! O lugar é aconchegante, acolhedor e tem todo aquele clima de casinha mineira. Fogão à lenha, canecas de ágata, santinhos e outras referências ao catolicismo etc. Além disso, a decoração típica junina deu um toque ainda mais especial à decoração.








Da união entre uma mineira e um mooquense, o resultado feliz foi a fundação do Empório em julho de 2011. Lá encontramos doces caseiros, compotas, queijos, geleias, pimentas, pão de queijo, pamonhas, cafés e outras delícias típicas de Minas. O atendimento muito simpático e atencioso nos faz sentir em casa. Hospitalidade mineira.

O cardápio é de dar água na boca. Vontade de experimentar tudo e ficar um dia inteiro ali.

A apresentação não fica atrás, e mantém o jeitinho mineiro de servir, em panelinhas de alumínio, pratos esmaltados, canecas etc.




Bolos deliciosos para acompanhar um bom café. O chocolate quente da vó Linda (com raspas de laranja e pimenta rosa) é delicioso. Eu tomaria litros!

Pra ir muitas e muitas vezes!


Rua Taquari, 81 | Mooca | São Paulo | SP


Posts relacionados:


Nico Hamburgueria: um “túnel do tempo” no Ipiranga

 

Moocaires: empanadas argentinas (y un poco mas), na Mooca

 

3 dias em Belo Horizonte, com Ouro Preto, Mariana e Inhotim

 






terça-feira, 4 de julho de 2017

Restaurante Cà De Mezz Amig, no bairro da Serrinha, em Bragança Paulista

Quando fomos “explorar” o bairro da Serrinha, três anos atrás, o Cà De Mezz Amig estava fechado... Desde então, estamos ensaiando pra conhecer, e domingo finalmente o plano desencantou (e o restaurante encantou!).







O Coperto (“entrada”) nos conquistou logo de cara: o Pinzimonio (vaso de legumes frescos) traz os legumes inteiros ou em pedaços grandes, com uma faca pra nós mesmos cortarmos e prepararmos nossas saladas. Além dele, vem um cesto de piadina (pão feito e assado na hora) e pasta de ricota; e uma garrafinha de vinho.



O cardápio é composto basicamente por massas, pois a inspiração do restaurante é a região
Emilia Romagna, na Itália, cuja capital é Bologna (daí o molho à bolonhesa). O próprio nome do restaurante é originário do dialeto romagnolo e significa “Casa dos meus amigos”.

Fomos de cappelletti de ricota ao pomodoro, polpettone e ossobuco.




Pra adoçar, pedimos o Bis de Sobremesa, com paglia italiana (salame de chocolate com nozes e uvas passa) e panna cotta (pudim de creme de leite com geleia de frutas vermelhas).



Tudo muito gostoso e bem apresentado. O preço é meio salgadinho, mas o ambiente único valoriza anda mais a comida. Compensa o investimento.


 
Vista da represa do rio Jaguari
Funciona aos sábados das 12h30 às 16h e das 20h30 às 23h30; e aos domingos das 12h30 às 16h. Leve dinheiro. Eles não aceitam cartão de crédito ou débito.


Estrada da Serrinha, km 3 | Serrinha | Bragança Paulista | SP


Posts relacionados:

 

O Velhão: um universo paralelo na Serra da Cantareira

 

Empório 33: um "achado" (literalmente!) em Guarulhos

 

Bairro da Serrinha: natureza, diversão, arte e gastronomia em Bragança Paulista

 

Climinha de inverno: 1 dia em Santo Antônio do Pinhal