1 dia em São Roque/SP, com Ski Montain Park

Conhecida pelas vinícolas e adegas, São Roque, a cerca de 75 km de São Paulo, nos proporcionou dessa vez um pouco mais que vinho e suco de uva: no feriado da Páscoa (sim, estou com alguns posts beeem atrasados... rs), fomos conhecer o Ski Montain Park.

Pra começar, subimos de teleférico do estacionamento até a parte principal do parque.

Teleférico

 Fomos direto para o que mais queríamos fazer: pista de esqui! OK... não é neve nem gelo, claro. É uma pista escorregadia de 100 metros, feita de uma espécie de “carpete” de polietileno. Você pode usar esquis ou snowboards (ficamos com a segunda opção). Muito divertido - mesmo!!! Só a atividade na pista já teria valido o passeio!

Equipamentos da pista de esqui

Pista de esqui

Pista de esqui
Seguimos para a pista de patinação. Talvez por inexperiência nossa, não conseguimos deslizar como queríamos e aproveitar bem a brincadeira. De qualquer forma, os “capotes” que levamos renderam boas risadas!

Na sequência, arco e flecha. Assim como a pista de esqui, teria valido sozinha o passeio. Adoramos!

Arco e flecha
Pra finalizar, descida pelo tobogã. Uma delícia!

Além dessas atividades, tem paintball, arvorismo, rapel, trilha ecológica, passeio a cavalo...

Eles não cobram ingresso. Você paga o estacionamento e por aquilo que vai querer fazer, ou adquire o “pacote”, se achar que vale a pena (confira as tarifas clicando aqui). Há alguns restaurantes no local, então dá pra aproveitar o dia todo. Como já havíamos nos divertido bastante e ainda queríamos dar umas voltinhas por São Roque, optamos por menos atividades.

Dessa vez não tínhamos roteiro definido. Pegamos a Estrada do Vinho e íamos parando nos lugares que chamavam atenção.

Saindo do parque, fomos procurar um lugar pra almoçar e paramos no Restaurante Frank. Ótimo atendimento! Comida boa. Destaque para o suco de uva branco integral.

De lá, demos uma passadinha na Vinícola Góes, que já conhecíamos, e seguimos para a vinícola Bella Aurora.

Continuando, paramos na adega e restaurante Quinta do Olivardo. Como já havíamos almoçado, era hora de um cafezinho, com direito a bolinhos de chuva e pasteizinhos de Belém. Tudo de bom!!!

Café com bolinhos de chuva e pestel de Belém, na Quinta do Olivardo

Quinta do Olivardo
Pra fechar, Villa Don Pato, adega e restaurante que tem um espaço e um visual muito bacanas!


Esse site traz um mapa e informações muito úteis, pra explorar a região. Clima de serra, temperatura agradável, degustação de vinhos, queijos e outros quitutes nas adegas... Para os amantes de vinho e de boa gastronomia italiana e portuguesa, São Roque é um prato cheio.

Posts relacionados:


 

O Velhão: um universo paralelo na Serra da Cantareira

 

Atibaia II – Pedra Grande

 

Bairro da Serrinha: natureza, diversão, arte e gastronomia em Bragança Paulista

 

Climinha de inverno: 1 dia em Santo Antônio do Pinhal

 

Embu das Artes: galeria a céu aberto na Grande SP



Postagens mais visitadas deste blog

Café da manhã na Miolo Padaria Orgânica, em São Paulo

Tifany Bistrô, em Guarulhos

Beco do Batman, na Zona Oeste de SP