Translate

sábado, 22 de agosto de 2015

Cinema: O Pequeno Príncipe

(Imagem: divulgação)
Hoje fomos ao Espaço Itaú de Cinema, no Shopping Frei Caneca, pra conferir um filme que eu contava os dias pra estrear: “O Pequeno Príncipe”, adaptação do livro homônimo do francês Antoine de Saint-Exupéry. Escrito em 1943, a história é atemporal e encanta gerações ao longo das décadas, sendo o terceiro livro mais vendido no mundo. Este foi o primeiro “livro grande” que li sozinha, aos 8 anos, e também o primeiro que me emocionou a ponto de me fazer chorar. Hoje não foi diferente: a cada cena onde o Aviador relatava à Menina seu encontro com o Pequeno Príncipe, eu ia lembrando o livro e chorando horrores! rs

O livro conta a história de um aviador cujo avião cai no deserto do Saara, onde acaba conhecendo uma figurinha curiosa e misteriosa: o principezinho, que é o centro da narrativa. Cheio de poesia, delicadeza e de pequenas fábulas, aborda temas como infância, dedicação, amizade, natureza, despedida e o “estranho mundo dos adultos”.  Na animação a história ganha novos contornos: contemporâneo, mas igualmente poético.

Para crianças grandes e pequenas. Porque “o problema não é crescer, é esquecer...”