Translate

sábado, 28 de março de 2015

Nico Hamburgueria: um “túnel do tempo” no Ipiranga

Nossa “descoberta” de hoje é um restaurante, um passeio e uma viagem...

Situada no Ipiranga, a Nico Hamburgueria já conquista quando ainda estamos na calçada, esperando pra entrar. Havia espera esta noite, mas nem vimos os 15 minutinhos passarem, porque nos perdemos completamente em meio aos bonecos na prateleira da entrada principal: do “Chucky – O Boneco Assassino” ao “Bob Esponja”, do “Fofão” ao “E.T. – O Extraterrestre”, da "Turma da Mônica" aos "Minions" (são cerca de 2.000 bonecos, segundo o site).



Lá dentro, observávamos boquiabertos tudo que é tipo de coleção: mini-garrafinhas da Coca-Cola; placas de numeração de casas; relicários; espelhos; bonequinhos colecionáveis menores; além de bicicletas antigas; aparelho de “orelhão” vermelho, daqueles de colocar ficha; quadros; uma marionete enorme do Pinóquio; caixa registradora antiga, daquelas bem grandes...






O cardápio vem em uma prancheta. Pra começar, pedimos batata rústica (temperada com alho frito e alecrim: muito gostosa!). 

Difícil escolher entre os hambúrgueres com nomes de personagens de desenho animado. Escolhemos “Cebolinha” (hambúrguer de picanha, cebola caramelizada e queijo cheddar no pão italiano: muito bom!), “Smurfs” (hambúrguer de picanha, onion rings, pasta de gorgonzola no pão da casa: bom, mas um pouco seco) e “Frangolino” (hambúrguer de frango, queijo da casa, champignon na manteiga, alface e tomate no pão tradicional: esse eu não experimentei, mas quem pediu gostou). Refrigerante servido naqueles copinhos de boteco, os condimentos e guardanapos dentro de marmitas de alumínio, daquelas bem antigonas.

Batata rústica
"Smurfs"
"Frangolino" (foto: Thayane Scarpelli)
Até o banheiro traz surpresas: destaque para a “pia” adaptada com canos expostos e uma banheira antiga.

No andar de cima, um lounge com mobiliário antigo, tipo casa da vó, com televisão de tubo, geladeira vermelha com vááários pinguins em cima, enfim... é uma viagem à infância, e uma viagem no tempo.

Na casa da vó?!